Metrologia

No dia-a-dia, consciente ou inconscientemente, quantificamos e qualificamos factos, fenómenos e simples ocorrências. Quando criticamos os nossos governantes ou os nossos chefes acusandoos de lidarem com dois pesos e duas medidas estamos implicitamente a exigir que haja uniformidade de critérios na quantificação e qualificação dos factos para que os resultados sejam justos e bons.

A Metrologia é a ciência da medição e suas aplicações. A metrologia tem como o objetivo, garantir o rigor e a exatidão das medições, assegurando a sua comparabilidade e rastreabilidade, a nível nacional e internacional, realizar, manter e desenvolver os padrões das unidades de medida e garantir e promover o rigor das medições metrológicas, nos campos científico, industrial, bem como legal. Estas atividades são essenciais à confiança nas relações comerciais, ao controlo eficaz dos processos internos, e à aceitação dos resultados por entidades externas, criando confiança em todos os níveis e funções das cadeias de valor.

Na metrologia, cada termo deve ter o mesmo significado para todos os utilizadores e deve exprimir um conceito bem definido, sem entrar em conflito com a linguagem comum. Para tentar resolver este problema, foi desenvolvido um Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM),  do qual apresenta-se alguns dos termos mais usados.

Existe também o Vocabulário Internacional de Termos de Metrologia Legal que é o resultado do trabalho de harmonização da terminologia utilizada no domínio da metrologia legal.

As principais atribuições do IGQPI no âmbito da metrologia resumem-se no seguinte:

  • Assegurar a implementação, articulação, inventariação de cadeias hierarquizadas de padrões de medida e promover o estabelecimento de redes de laboratórios metrológicos acreditados;
  • Gerir o laboratório nacional de metrologia, assegurar a realização, manutenção e desenvolvimento dos padrões nacionais das unidades de medida e a sua rastreabilidade ao Sistema Internacional (SI), promovendo a disseminação dos valores das unidades do SI no território nacional;
  • Assegurar e gerir o sistema de controlo metrológico legal dos instrumentos de medição, reconhecer entidades competentes para o exercício delegado desse controlo e coordenar a rede por elas constituída, garantindo a efetiva cobertura a nível nacional;
  • Assegurar a representação de Cabo Verde como membro das organizações de metrologia internacionais e as obrigações daí decorrentes nomeadamente a participação nos respectivos trabalhos, a promoção do inquérito público, a votação, difusão e integração das normas internacionais no acervo normativo nacional e a sua promoção e venda;
  • Gerir, quando for criado, o Museu de Metrologia e promover a recolha, preservação, estudo e divulgação do espólio metrológico com interesse histórico.

Conteúdo